CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

SONS DE NATAL
Não é preciso
Natal dizer:
Basta, pra isso,
Acontecer!

A voz sineira
Em tarde calma
É chamariz
E directriz
Dentro da alma...

É voz certeira
De devoção
É claridade
E felicidade
De oração.

Sonhos devotos
Curta viagem
À luz da aurora
Motivadora
Suave miragem.

Laços ignotos
E prematuros
Razão notável
Incalculável
De bens futuros…

Sons perceptíveis
E inefáveis
De caminhadas
Desenroladas  
E admiráveis.

Toques sensíveis
Estrelejando
Em contraluz
Qu´ ao céu conduz
Abençoando!

Frassino Machado
In CANÇÃO DA TERRA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 22/12/2013
Alterado em 23/12/2013


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras