CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

OS DITADORES
Todos os Ditadores são como ervas daninhas
Que proliferam sempre em todos os terrenos
E que, pra sociedade, são males de somenos
Sempre propensos no caminho das alminhas

Máscaras justiceiras com rituais serenos,
E soluções pra tudo nas próprias palminhas
Eis os operacionais suando as estopinhas,
Feitos Messias destilando os seus venenos.

Eles ditam para o povo mensagens e valores,
Promessas e promessas, capas de virtude,
Trazendo à alma o fogo e ao corpo a saúde
Agitam toda a Nação eles são os Ditadores.

A miséria colectiva é a sua louca paixão
O verdadeiro lema é o quanto pior, melhor,
E o poder que anseiam, naquele dia d´ horror,
Revela-se tarde ou cedo como maldição.

Cuidado com os falsos Messias d´ Aquém
Os Ditadores têm, como arma de arremesso,
O revirar da humana realidade do avesso
Esboçando na terra um Paraíso d´ Além!


Frassino Machado
In JANELAS DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 14/10/2018
Alterado em 14/10/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras