CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

PALAVRAS PARA O MÊS DE JUNHO
As palavras ansiosas, feitas borboletas
Enigmáticas, voando pela atmosfera,
Vão deixando saudades desta primavera,
Abrindo frescas ondas, ainda que incertas  

Palavras novas sempre, sempre incompletas
Com imperfeitos sonhos e sombras de quimera
Que passam ao de leve sem ficar à espera
Das ilusões perdidas, quem sabe indiscretas

Palavras curtas para este mês de Junho,
Sempre escassas mas revestidas de emoções,
Palavras agitadas incendiando corações
Que dos Santos populares são o testemunho.

Mês de Junho, de Portugal e de Camões
Mês pequeno, como as sementes de abrunho,
Mas que é enorme na força que traz no punho,
Que rola e dança em maré viva de paixões.

- Canta, ó soberbo mês, nas marchas da avenida
E rasga as falsas máscaras desta triste vida!


Frassino Machado
In RODA-VIVA POESIA  
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 04/06/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras