CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

JÁ CHEIRA A SÃO MARTINHO
Este Outono já cheira a São Martinho,
Já cheira a São Martinho e a castanhas,
Já vai escorrendo a jeropiga e o vinho
E não há fingimentos, nem há manhas.

Depois de umas semanas tão estranhas,
Com um inverno espreitando de mansinho,
Eis, à porta, uma das belas campanhas
P´ la qual todos suspiram com carinho.  

A chuva meteu baixa e foi-se embora,
Baila de canto em canto inquieto vento,
E uma outra diversão se ajusta agora:
Verão de São Martinho, nosso contento.

Não faltam as castanhas a toda a gente
Cozidas ou assadas, de casa em casa,  
Não falta a jeropiga nem aguardente
Nem sequer um grãozito em cada asa.

E reza a tradição que p´ lo São Martinho
É tempo de ir à adega e provar o vinho!


Frassino Machado
In ODIRONIAS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 06/11/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras