CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

SALVE HALLOWEEN
Salve Halloween, oh salve!
Estranho dia enfatuado
Que em si finge qu´ é leve
Mas sugere ser endiabrado.

Se a alma se torna frágil
Porque não esteve, ou esteve,
Logo surge negócio ágil
Salve Halloween, oh salve.

Todos os humanos são fracos
Num horizonte desgraçado
E, se a vida estiver em cacos,
Estranho dia enfatuado.

Negócio é sempre negócio
Até o insensível percebe
Enche-se o espírito de ócio
Que em si finge qu´ é leve.

Quando ele se torna refém
Tende a ser mais explorado
Mal vai de quem é ninguém
Mas sugere ser endiabrado.

Não há ficção que resista
A esta comédia medonha
Toda a bruxa perde a crista
Se a festa fica enfadonha.

Gato preto, cruzes canhoto,
Com ruídos e gritos fatais,
O negócio, esse, ficará roto
Se não houver tostões a mais!

Salve Halloween, oh salve!
Livrem-me deste embaraço
Antes ficar co´ a ideia calva
Que ser fantoche e palhaço!

Frassino Machado
In JANELAS DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 31/10/2017
Alterado em 31/10/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras